fbpx
agencia de marketing digital juiz de fora
Blog Growth Idea

Monitoramento de engajamento das redes sociais

Monitoramento de engajamento das redes sociais

O que você vai ver nesse conteúdo

Você sabe fazer um monitoramento de engajamento das redes sociais realmente efetivo?

“Ah, mas eu nem preciso, eu tenho 10k seguidores no Instagram.” 

Tá… mas não adianta ter 10k seguidores e 30 curtidas nos conteúdos. Se o seu público não é engajado, certamente as redes sociais surtirão efeitos mínimos para o seu negócio.

E não adianta culpar o Instagram, falando que a plataforma não está entregando os conteúdos e que os algoritmos são loucos. Muitas vezes, o fenômeno dos seguidores fantasmas que não se engajam acontece como consequência de ações ineficientes, que captam seguidores desinteressados no seu nicho e no seu produto. 

E essas ações são muito mais comuns do que imaginamos. Os sorteios que tem como regra seguir outros perfis é um ótimo exemplo de captação de seguidores não engajados. 

Mas, vamos começar pelo começo! No final do artigo falamos mais sobre os erros mais comuns que as pessoas cometem. 

Continue lendo o artigo e saia daqui um especialista em monitoramento de engajamento das redes sociais!

 

 

Tempo de leitura: 10 minutos

Você vai ler sobre:

Por que fazer monitoramento de engajamento das redes sociais?

O que monitorar nas redes sociais?

  • Base de relacionamento
  • Alcance
  • Engajamento
  • Comportamento do público
  • Atendimento
  • Transações

Práticas e estratégias para gerar mais engajamento

1- Foque no público

2- Conheça seu público

3- Separe momentos de análise 

4- Estabeleça metas

Erros mais comuns na hora de gerar engajamento

  • Manter a presença no digital sem pensar no público
  • Não prestar atenção no engajamento
  • Conquistar seguidores fantasmas
  • Não saber lidar com respostas negativas
  • Ter pressa

Conclusão

 

 

Por que fazer monitoramento de engajamento das redes sociais?

Desde os tempos mais remotos, os seres humanos usam a observação e a captação de informações para entender a melhor forma de construir relacionamentos e fazer trocas. 

Os comerciantes antigos, por exemplo, buscavam informações sobre seu contexto para estabelecerem seus preços e propor escambos. 

Ou seja, essa estratégia, que se mostra eficiente desde os tempos mais antigos da humanidade, ainda não perdeu sua validade. Muito pelo contrário! 

Hoje, o princípio de sucesso de todo negócio é conhecer o seu público. Inclusive, diversas ferramentas foram criadas para facilitar o processo de captação de dados! Tudo é monitorado.

Nas redes sociais, não poderia ser diferente. As plataformas que agora concentram grande parte da população mundial, são uma grande oportunidade de divulgar empresas, marcas, serviços e produtos. Mas, da mesma forma que os comerciantes antigos observavam as caraterísticas das pessoas em volta para fazer suas negociações de forma assertiva, aqueles que desejam gerar bons resultados por meio de estratégias eficientes precisam monitorar as métricas das redes sociais. 

Portanto, é fundamental acompanhar o que é falado e consumido pelo seu público-alvo, monitorar a reação dele nos seus conteúdos e analisar o engajamento em suas ações.

Dessa forma, você poderá tomar decisões e elaborar estratégias de sucesso, detectar insatisfações, promover vendas, fidelizar o público, além de prevenir possíveis cenários de crise.

 

 

O que monitorar nas redes sociais?

O que muito provavelmente não te contaram, é que monitorar o engajamento das redes sociais vai muito além de anotar o número de curtidas e comentários dos seus conteúdo.

Certamente, esses números são muito importantes para entender os tipos de conteúdo que tem agradado mais o seu público. Mas, existem outras métricas fundamentais para o seu sucesso. 

Primeiramente, não adianta ter um monte de dados aleatórios e perdidos. É importante ter clareza sobre as informações coletadas e entender como cada uma delas pode afetar as suas estratégias. 

Por isso, alguns dados terão mais importância para certo segmento do que para outros. Então, saiba avaliar e identificar os mais importantes para que você alcance seus objetivos. 

Mas, de uma forma geral, estes são os principais pontos que devem ser monitorados nas redes sociais:

 

Base de relacionamento

Primeiramente, a base de relacionamento está diretamente ligada à quantidade de usuários que seguem uma página, canal ou perfil nas redes sociais. 

Os principais indicadores da base de relacionamento são: quantidade de fãs no Facebook, inscritos no Youtube e seguidores no Instagram e Twitter. Se você utiliza outras plataformas, o monitoramento segue a mesma lógica: o número de pessoas que te acompanham.

 

Alcance

O alcance é a métrica que analisa a quantidade de pessoas que foram impactadas pelos seus conteúdos e ações nas redes sociais. Aqui, ainda não se trata de curtidas e comentários, mas de visualizações.

O indicador principal para fazer o monitoramento do alcance é o número de pessoas que chegaram até o conteúdo de forma orgânica e paga.

 

Engajamento

Agora chegou o momento que todo mundo gosta: as curtidas! O engajamento diz respeito ao envolvimento do público com a sua página, ações e conteúdos. 

Você pode acompanhar os índices de engajamento por meio das curtidas, comentários, compartilhamentos, cliques, menções à hashtag, salvamentos e envios para outras pessoas. 

 

Comportamento do público

Algumas redes sociais oferecem recursos através dos quais você pode analisar o comportamento dos seus seguidores. 

O Instagram, por exemplo, possui uma ferramenta que mostra qual horário de cada dia da semana tem um número maior de pessoas da sua rede online. Dessa forma, você pode identificar o melhor horário para postar seus conteúdos e gerar mais visualizações e engajamento.

 

Atendimento

As marcas presentes nas redes sociais devem estar abertas ao diálogo por meio de comentários e mensagens diretas. Portanto, devem seguir as métricas de atendimento, que estão relacionadas ao serviço de atendimento por meio dessas plataformas. 

Para analisar esse desempenho, você pode monitorar as taxas e tempo de respostas, índice de solução e reversão de sentimento durante o SAC virtual. 

 

Transações

Por fim, a métrica de transações está associada às atividades realizadas por meio de recursos que não são nativos das redes sociais, como por exemplo as vendas geradas.

Monitorar os índices de transações também são fundamentais, pois eles indicam os resultados gerados por meio das redes sociais fora do ambiente digital.

 

 

Práticas e estratégicas para gerar mais engajamento

Tão importante quanto ter um conteúdo que tenha um bom alcance e gere alto engajamento, é sustentar essas métricas ao longo do tempo. 

Por isso, é fundamental que você tenha um planejamento estratégico de marketing e vá analisando ao longo de sua execução o que oferece mais resultados. 

Mas, antes de tudo, existem alguns elementos fundamentais que você não pode esquecer:

 

1- Foque no público

O engajamento é um resultado direto de um efeito em três níveis: cognitivo, emocional e comportamental. Portanto, para conquistar a atenção e o envolvimento do público, você precisa envolvê-lo nesses três sentidos. E isso não será possível se o seu foco estiver no seu produto.

Sua estratégia precisa ter o consumidor como centro, e o produto como a solução para o que ele precisa. Para isso, você deve conhecer o seu público e ativar gatilhos mentais eficientes. 

 

2- Conheça seu público

Para chamar a atenção de forma positiva de uma pessoa, antes, você deve conhecê-la. Por isso, é fundamental saber para quem você está falando através das suas redes sociais. 

Conhecendo o público, é possível criar conexão com a sua marca e cultivar um relacionamento com seus leads. Personalize sua forma de falar, entenda o canal utilizado e identifique os melhores formatos para sua estratégia.

Portanto, pesquise, colete dados (alô, LGPD!), faça enquetes, busque conhecer seu público-alvo, crie personas, estude e utilize ferramentas para entender seu público-alvo.

 

3- Separe momentos de análise

Não adianta nada monitorar seus dados 1 vez a cada 6 meses. Eles precisam ser analisados constantemente para identificar as ações de sucesso e os pontos de melhoria. 

Então marque reuniões semanais, ou entre um breve período de tempo estabelecido de acordo com seu processo, para analisar seus métricas e monitorar o engajamento das suas redes sociais. 

 

4- Estabeleça metas

Uma ótima prática para melhorar suas métricas é estabelecer metas. Isso motiva o time e aguça o senso criativo para criar novos materiais e campanhas de acordo com os indicadores analisados.

 

 

Erros mais comuns na hora de gerar engajamento

Tem muuuita gente no Instagram achando que está bombando fazendo sorteio e outras ações para conquistar seguidores enquanto, na verdade, pode estar destruindo seu próprio engajamento!

Fica ligado porque nem todo número alto é sinal de sucesso. 

Separamos aqui algumas práticas que são grandes erros na hora de gerar engajamento nas redes sociais. Vem conferir:

 

Manter a presença no digital sem pensar no público

Você percebeu que, no tópico acima sobre boas práticas e estratégias para gerar engajamento, duas das nossas dicas eram relacionadas ao público? Não foi por acaso! O público é o elemento mais importante para qualquer estratégia de sucesso nas redes sociais. 

De nada vale uma frequência diária de publicação nas redes se os conteúdos de nada valem para os seus seguidores. Eles não vão engajar! 

É preciso, primeiramente, entregar publicações relevantes, com a linguagem adaptada, divulgadas no horário certo e com um bom CTA.

 

Não prestar atenção no engajamento

Conseguiu 1000 curtidas e 500 comentários em uma publicação? Parabéns, você arrasou! Mas, o trabalho não para aqui.

Lembre-se de prestar atenção no engajamento, responder comentários e interagir com o seu público. Afinal, essas ações contribuem para o aumento das reações no post e ainda motiva seus seguidores a continuarem interagindo com seus próximos conteúdos.

 

Conquistar seguidores fantasmas

Certamente, comprar seguidores é furada! E conquistar por meio de ações promocionais como sorteios, muitas das vezes, também não vale nada e ainda pode te atrapalhar!

Isso porque muitos desses seguidores vão te seguir apenas para participar do sorteio e não estão realmente interessados no que você faz. Dessa forma, você vai gerar um aumento momentâneo dos seus seguidores e, depois do sorteio, o número voltará a cair, pois muitos irão deixar sua página. 

Ainda, mesmo que alguns permaneçam, eles podem apenas ignorar suas publicações, diminuindo as taxas de alcance e engajamento para pessoas que realmente poderiam estar interessadas no seu negócio.

 

Resumindo: 

 

 

Não saber lidar com respostas negativas

No mundo virtual, qualquer erro pode ser viral e gerar uma crise de imagem para a marca. Por isso, as empresas precisam estar preparadas para lidar com comentários negativos e até mesmo usá-los ao seu favor. 

Em um artigo produzido por Patrícia Dias e José Gabriel Andrade, os autores citam:

“crises reputacionais podem ser oportunidades para alavancar o alcance da marca, gerar notoriedade, e quando bem geridas, gerar envolvimento e mesmo conquistar mais clientes.”

Dessa forma, a personalidade da empresa e o modo que ela responde aos feedbacks negativos, torna-se um valioso diferencial competitivo.

 

Ter pressa

Certamente, a presença digital geralmente leva tempo para se consolidar e gerar altos engajamentos. 

Portanto, não sinta-se frustrado se em alguns meses você não conquistar 5k seguidores. 

Mantenha a contância e preocupe-se com a qualidade e relevância de seus conteúdos. Nós garantimos que em breve os resultados virão!

 

 

Conclusão

Por fim, podemos perceber a importância das métricas de engajamento das redes sociais e como o constante monitoramento afeta diretamente no planejamento de ações das empresas e seus resultados.

Lembre-se de que o público é o elemento central de toda estratégia e a chave do sucesso para suas decisões e práticas.

Se você precisar de ajuda com suas métricas, fale com a gente! Nós, da Growth, podemos te ajudar. CLIQUE AQUI e agende um diagnóstico com um de nossos especialistas.

Compartilhe esse conteúdo!

WhatsApp
LinkedIn
Email

Comentários

Conteúdos relacionados