agencia de marketing digital juiz de fora
Blog Growth Idea

Marketing Digital para Iniciantes

Marketing Digital para iniciantes

O que você vai ver nesse conteúdo

Seja muito bem-vindo ao Marketing Digital para iniciantes! 

Aqui você vai encontrar os principais conceitos, elementos e dicas para implementar esta estratégia na sua empresa e começar a vender ainda mais!

Mas, primeiramente, queremos ver você com muita energia para ler este artigo. Afinal, você tomou uma iniciativa que pode mudar sua vida e seus negócios.

Então, vem com a gente! Este é apenas o primeiro passo para o seu sucesso!

 

Marketing Digital para iniciantes

 

Tempo de leitura: 12 minutos

Você vai ler sobre:

Vocabulário do Marketing Digital para iniciantes

O que é Marketing Digital 

Por que usar Marketing Digital

Elementos fundamentais do Marketing Digital para iniciantes

  • Funil de vendas
  • Persona
  • Redes Sociais
  • SEO
  • E-mail marketing
  • Métricas

Onde posso aprender ainda mais sobre Marketing Digital?

Conclusão

 

 

 

Vocabulário de Marketing Digital para iniciantes

Antes de tudo, vamos adicionar algumas palavras novas no seu vocabulário. Assim, você vai conseguir entender tudo neste artigo e sair daqui pronto para vender muito na internet!

 

  • Lead – É uma pessoa que demonstra interesse pelo seu produto e se torna um potencial cliente. É preciso que as empresas identifiquem os leads “quentes” (com grande potencial de venda), para trabalhar de forma estratégica com eles. Os leads são as pessoas que estão no meio da jornada de compra.

 

  • Prospect – O prospect, por sua vez, é a pessoa que já está no momento de decisão de compra. Ele já reconhece seu problema, encontra a solução e está no momento do fechamento. Ou seja, o prospect é um lead “quente”, que se encontra no fundo do funil, nas últimas etapas da jornada de compra. 

 

  • Orgânico – No Marketing Digital, é muito comum ler expressões como “tráfego orgânico”. A palavra orgânico, nesse caso, significa que não houve gastos com anúncios para que a pessoa entrasse no site ou na página da empresa. Portanto, o lead mostrou interesse sem que a empresa investisse em conteúdos pagos. 

 

  • Conversão – Em marketing, a conversão aponta para o momento em que uma pessoa avança nas etapas do funil de vendas, se aproximando cada vez mais do momento da compra. Por exemplo, quando um lead se converte e se torna um prospect.

 

  • CTA – O Call To Action, ou em português chamada para ação, é a frase que indica qual a próxima ação do leitor do seu conteúdo. Por exemplo:

 

– “Clique aqui e saiba ainda mais!”

– “Gostou? Então marque seus amigos nos comentários.”

– “Inscreva-se agora mesmo!”

– “Visite nosso site.”

 

 

O que é Marketing Digital

Em primeiro lugar, vamos entender o que é Marketing Digital. 

O marketing existe desde os primórdios. 

Ele é, basicamente, o conjunto de estratégias utilizadas para promover e vender um produto ou serviço. 

Isso vale para os diversos tipos de publicidade, desde o cara da farmácia do calçadão que fica chamando os clientes pelo microfone, até as propagandas mais bem sucedidas da Coca-Cola. 

Com o passar do tempo, as técnicas de vendas foram se desenvolvendo e se adaptando aos ambientes mais variados, principalmente ao da internet. E é aí que entra o digital

O mundo hoje é digital. Você sabia que, no Brasil, 3 entre 4 pessoas utilizam a internet? Isso representa cerca de 139 milhões de usuários, entre os quais 90% acessam a rede TODOS os dias. 

E você achou mesmo que os marketeiros de plantão deixariam passar a oportunidade de anunciar para 139 milhões de brasileiros? Não mesmo!

O Marketing Digital é hoje um dos meios mais utilizados para promover produtos e empresas. 

De acordo com pesquisas, os diretores de marketing estão se preparando para um aumento no orçamento de seus setores em 75%. 

Além disso, 92,1% das empresas utilizam as redes sociais. A sua não vai ficar de fora, né?

Em resumo, Marketing Digital é vender de forma estratégica na internet.

 

“O Marketing Digital pode ser considerado uma evolução do marketing tradicional. Ele apropria-se de tecnologias digitais (internet, softwares, plataformas, dispositivos, devices, entre outros) que permitem às pessoas se conectarem umas com as outras, onde, quando e pelo motivo que desejarem.”

Jones e Ryan

 

 

 

Por que usar Marketing Digital

O Marketing Digital é criativo, inovador e estratégico. 

Ele procura criar uma comunicação de mão dupla e interativa, por meio do engajamento nas redes sociais. 

Com ele, o vendedor/fornecedor oferece valor ao potencial cliente, com conteúdos de qualidade, informações ricas, gerando credibilidade e autoridade para a empresa.

O Marketing Digital de qualidade encanta e atrai. Ele possui grande potencial de gerar conversões. Não é atoa que no Brasil 98,8% das pessoas já compraram na internet e 39% continuam adquirindo produtos em ambientes virtuais. 

Depois da pandemia, os e-commerces têm crescido ainda mais. Em 2020, as vendas na internet cresceram cerca de 73,88%.

 

 

 

Elementos fundamentais do Marketing Digital para iniciantes:

Começamos com o Marketing Digital para iniciantes, mas vamos além.

Queremos que você saia deste artigo com conhecimentos suficientes para começar a implementar estratégias, mesmo que simples, em seu negócio e começar a perceber resultados! 

Por isso, agora vamos te falar sobre os elementos fundamentais em um planejamento estratégico de Marketing Digital para iniciantes. Continue a leitura! 🙂

 

 

Funil de vendas:

O funil de vendas é imprescindível para que você tenha um processo de venda bem organizado e com estratégias efetivas. 

Ele representa a trajetória que os seus potenciais clientes irão traçar na jornada de compra.

Ou seja, no funil, entra uma pessoa e sai um comprador. 

Cada etapa do funil representa o potencial de compra de cada pessoa e ainda indica quais as melhores estratégias a serem utilizadas em cada momento. 

Observe este modelo aqui embaixo:

 

Funil de vendas - Marketing Digital para iniciantes

(Fonte: Resultados Digitais)

 

 

Ele funciona assim: 

 

Topo de funil

Em primeiro lugar, temos o início da jornada de compra do seu lead:

Neste momento, o volume de pessoas é grande. Isso que significa que existem pessoas interessadas no seu produto, mas também pessoas que não vão prosseguir para as fases posteriores.

Ou seja, no topo do funil você vai encontrar leads diversos, interessados no seu nicho de forma geral.

Os indivíduos que se encontram neste patamar, são aqueles que estão na fase de aprendizado e descoberta do problema. 

Assim, nesta etapa, os conteúdos mais indicados para nutrir seus potenciais clientes são aqueles com assuntos mais abrangentes, com linguagem clara e que façam os usuários se interessarem pelo seu tema de mercado.

No topo do funil, você não irá falar sobre seu produto ou serviço de forma direta, mas irá buscar criar uma conexão com seus leads para que eles avancem para os próximos níveis da jornada de compra. 

Antes de continuar o artigo, queremos te apresentar uma amiga. Ela vai nos acompanhar a partir de agora para facilitar o entendimento do funil de vendas na prática. Ela se chama Carol, tem uma loja de roupas femininas plus size e acabou de criar um  perfil no Instagram para divulgar seus produtos através do Marketing Digital.

Para começar seus conteúdos com sucesso, ela vai começar com posts de topo de funil. Portanto, no início da vida do perfil, ela deve publicar fotos sobre tendências da estação, dicas de combinação de cores e tipos de roupas para cada tipo de corpo.

Percebe? Por meio destes conteúdos, ela irá ATRAIR pessoas interessadas em moda de forma geral. Este é o topo do funil.

 

 

Meio de funil

O meio do funil contém leads que estão passando pela fase de reconhecimento do problema e consideração da solução. 

Ou seja, são pessoas que perceberam que precisam de algo e estão começando a reconhecer, no seu produto, a solução para os problemas.

No caso da nossa amiga Carol, por exemplo, as pessoas que estão no meio do funil dela são mulheres acima do peso e que gostariam de adquirir roupas da estação (aquelas que a Carol mostrou que estão na moda, ainda no topo do funil, lembra?)

Assim, os leads identificaram a necessidade de adquirir roupas da estação e encontraram na loja da Carol as últimas tendências. Isso é reconhecimento de problema e consideração da solução!

Nesta etapa, o seu potencial cliente provavelmente estará procurando a solução para seus problemas também em outros lugares, fazendo orçamentos. 

Portanto, os conteúdos mais indicados para o meio do funil são aqueles que mostram o diferencial do seu negócio e que captam informações dos seus leads para você entrar em contato com eles. 

Então, agora, no meio do funil, a Carol pode começar a publicar enquetes para medir o interesse das pessoas em suas roupas e também colocar fotos de suas embalagens impecáveis e vídeos da sua loja recheada de descontos imperdíveis!

 

 

Fundo do funil

Por fim, o tão esperado fundo do funil é o nível em que seus quaaase clientes se encontram. 

Essa fase representa o momento final da jornada de compra: a decisão. 

Portanto, você deve criar conteúdos para dar aquele empurrãozinho final para seu cliente realizar a compra.

A Carol, por exemplo, pode colocar fotos de clientes felizes com suas novas roupas, mostrando satisfação pelo produto, ativando o que chamamos de gatilho mental de prova social.

Nessa etapa, você também deve prezar pelo máximo de contato com seu potencial cliente, enviando mensagens, gerando uma boa experiência de compra, garantindo o retorno da pessoa e a indicação para outros futuros compradores.

 

 

Persona

A persona é um elemento do Marketing Digital que define para quem você irá criar seus conteúdos.

Ela é parecida com o público-alvo, contudo é mais assertiva e gera mais resultados. 

Isso porque a persona é um perfil semi-ficcional que representa as pessoas que você pretende atingir. 

Este perfil contém um nome, idade, sexo, profissão e também possui problemas a resolver, hábitos diários e horários de acesso às redes sociais.

 

 “Criar personas é papel de artistas, nós somos profissionais de Marketing. Persona não se cria, se documenta.”

Rafael Rez

 

Para criar uma persona adequada para o seu negócio, é preciso fazer pesquisas e coletar informações. 

Dessa forma, você conseguirá identificar as características comuns entre seus leads, bem como seus hábitos e as redes sociais que utilizam. 

E, assim, você irá produzir os conteúdos certos, para postar na hora certa, no canal certo. 

 

 

Redes sociais

Não é segredo que as redes sociais têm abrigado inúmeras empresas em todo o mundo.

No Brasil, 92,1% das empresas utilizam essas plataformas. Elas são elementos fundamentais no marketing digital.

As redes sociais são utilizadas para gerar conteúdos de qualidade, fortalecer a marca das empresas e divulgar seus produtos.

Plataformas como Instagram, Facebook e Twitter são ótimas ferramentas para utilizar no marketing digital e, inicialmente, você nem precisa se preocupar com o orçamento. Criar um perfil nessas redes é totalmente gratuito. 

Mas, se você quiser mesmo investir nelas, posteriormente, pode trabalhar com anúncios pagos para aumentar ainda mais sua visibilidade.

 

 

SEO

O SEO (Search Engine Optimization), é um conjunto de estratégias que contribuem para que um site ou blog apareça entre as primeiras opção nos buscadores da internet. 

Por exemplo, se você procurar no Google por “sapatos masculinos no Rio de Janeiro”, as primeiras páginas ranqueadas serão as que têm os melhores desempenhos de SEO. 

Dados recentes mostram que, no Brasil, 69,3% das empresas utilizam o SEO como uma estratégia de marketing digital. 

O SEO é composto por estratégias que abrangem desde a palavra-chave até imagens e links. Portanto, quanto melhor for a produção do seu site, mais bem ranqueado ele será nas plataformas de busca da internet. 

Um dos benefícios do SEO é que ele aumenta o tráfego orgânico para suas plataformas, atraindo mais pessoas através das otimização dos sites, sem custos adicionais.

Abaixo você confere um vídeo com dicas sobre como otimizar o SEO do seu site:

 

 

 

 

E-mail marketing

O e-mail marketing, como o próprio nome diz, são e-mails utilizados para promover sua empresa e falar sobre seu produto. 

Os conteúdos de e-mail podem ser feitos baseados no funil de vendas. Começando com conteúdos gerais, de topo de funil, passando por assuntos mais específicos, chegando até a tomada de decisão do potencial cliente, no fundo do funil.

O texto bem escrito, claro e objetivo é fundamental para um bom e-mail marketing. Contudo, vale apostar ainda em vídeos, imagens e gifs.

Ah, e não se esqueça de sempre colocar um bom CTA para o seu site ou redes sociais no final do e-mail.

 

 

Métricas

As métricas são os indicadores que vão mostrar o desempenho das estratégias implementadas. 

Através delas, você poderá identificar quais ações deram certo para seu negócio e também poderá entender os pontos que devem ser otimizados. 

 

Nas redes sociais, você deve acompanhar e avaliar 5 bases de dados:

1- Base de relacionamento: Número de seguidores de uma página;

2- Alcance: Número de pessoas que visualizaram seu conteúdo, seja de forma orgânica ou paga;

3- Engajamento: Número de pessoas que tiveram alguma reação no seu conteúdo, como curtir, comentar, salvar e compartilhar;

4- Atendimento: Serviço de atendimento nas redes sociais, como resposta a comentários e mensagens privadas;

5- Transações: Atividades realizadas por meio de recursos que não são propriamente ditos das redes sociais, como downloads e vendas em si.

 

 

 

Onde posso aprender ainda mais sobre Marketing Digital?

Você pode aprender ainda mais sobre Marketing Digital para iniciantes ou avançados de diversas formas! Confira algumas delas:

 

Blogs: Para começar, existem diversos blogs de qualidade para você aprender marketing digital e suas estratégias para implementar na sua empresa. Seguem alguns dos melhores e mais completos blogs para você acompanhar: 

Growth Idea

Rock Content

RD Station

Neil Patel

 

Cursos: Da mesma forma, você também pode fazer cursos pagos e gratuitos que muitas plataformas disponibilizam. Aqui você encontra alguns cursos de qualidade, como por exemplo:

HubSpot Academy

Gestor de Marketing

Escola do Marketing Digital

Academia do Marketing

 

Consultoria: Por fim, contratar uma consultoria em marketing digital é uma ótima opção! Com ela, é possível encontrar as melhores estratégias para o seu negócio, identificar os pontos de melhoria e ainda aprender na prática o melhor do marketing digital. 

 

CLIQUE AQUI para entrar em contato com um de nossos especialistas e marque um diagnóstico para sua empresa agora mesmo!

 

 

 

Conclusão

Agora, portanto, você conhece os elementos fundamentais do Marketing Digital para iniciantes e já pode colocar a mão na massa!

O Marketing Digital não é apenas postar fotos bonitas e frases marcantes no Instagram. 

Ele envolve pesquisas, dados, informações e planejamento. 

Lembre-se sempre:

 

“Marketing não é mágica, há uma ciência por trás.”

– Dan Zarrela.

 

Por fim, se você precisa de ajuda com o Marketing Digital da sua empresa, entre em contato com um de nossos especialistas agora mesmo! É só CLICAR AQUI

Compartilhe esse conteúdo!

WhatsApp
LinkedIn
Email

Comentários

Conteúdos relacionados