Blog Growth Idea

Foto de produto: 12 dicas para fazer a foto perfeita

Foto de produto

O que você vai ver nesse conteúdo

Nós não precisamos falar que uma boa foto de produto é essencial na hora de vender, não é?

Ainda mais se tratando de um cenário no qual, apenas nos três primeiros meses de 2021, foram realizadas 78,5 milhões de vendas online. Isso representa um aumento de 72,2% no faturamento das vendas feitas pela internet, quando comparadas ao mesmo período de 2020.

A verdade é que o e-commerce está cada vez mais forte e as empresas precisam se adaptar à essa realidade, ou então ficarão para trás. 

Não é à toa que 70% das empresas norte-americanas já fazem o uso do Instagram para divulgar suas marcas e o Mercado Livre abriga 10 milhões de vendedores. 

Grande parte de todo esse sucesso do e-commerce se deve às imagens e eu vou te provar!

Me fala uma coisa: você compraria uma blusa sem ver a imagem?

O produto pode até ter uma descrição enorme e super detalhada, mas o que realmente nos dá segurança em comprá-lo é a foto. Afinal, uma imagem vale mais que mil palavras!

E, hoje, você vai aprender de uma vez por todas a produzir fotos atrativas e de boa qualidade para o seu negócio. Vamos começar?

Spoiler: no final do artigo tem um bônus que você vai AMAR! 

 

 

 

 

Tempo de leitura: 11 minutos

Você vai ler sobre:

Os benefícios de investir em fotos de qualidade

  • Gera credibilidade à marca
  • Potencializa o valor do produto
  • Aumenta a taxa de visualização do produto
  • Alinha expectativas com realidade

12 dicas para fazer a foto de produto perfeita

1- Capriche na iluminação

2- Atenção ao foco e enquadramento

3- Cuidado com as sombras

4- Tenha um fundo branco e infinito

5- Seja criativo

6- Explore os ângulos

7- Utilize tripé e temporizador

8- Cuidado com a noção de escala

9- Mostre todos os modelos e cores

10- Mostre seu produto sendo usado

11- Não use filtros

12- Edite suas fotos

Dica extra

Conclusão

 

Os benefícios de investir em fotos de qualidade

Na nossa introdução você já pôde perceber a importância que boas fotos têm em uma loja virtual. Mas, esse impacto é o resultado de um conjunto de benefícios que as fotos de qualidade oferecem para uma marca. Você sabe quais são eles?

 

  • Gera credibilidade à marca

É uma realidade que muitas pessoas ainda deixam de comprar na internet com medo de entrar em algum golpe. Mas, as fotos de qualidade podem ser grandes aliadas na hora de criar uma boa percepção da sua marca gerando credibilidade e confiança. Dessa forma, é possível atrair novos clientes e fidelizar os antigos.

 

  • Potencializa o valor do produto

Valor é diferente de preço! O valor de um produto é determinado pelas suas vantagens, seus benefícios e diferenciais, enquanto o preço consiste na quantidade de dinheiro que você vai trocar por determinado objeto ou serviço. Ao ganhar mais valor, o seu produto se torna mais desejado e o preço fica mais confortável para o consumidor. Portanto, é de extrema importância buscar sempre aumentar o valor do que você vende. E as fotos podem ser grandes aliadas nessa estratégia! Aproveite para explorar diferentes ângulos e expor os pontos positivos e de destaque do seu produto.

 

  • Aumenta a taxa de visualização do produto

Uma foto bem produzida e de qualidade chama mais a atenção e aumenta as chances de venda de um produto do que fotos descuidadas. Além disso, quanto mais imagens, com mais ângulos e detalhes tiver, pode ter certeza que mais visualizações seu produto terá! 

 

  • Alinha expectativas com realidade

Outra grande vantagem é alinhar as expectativas do cliente com a realidade. O espaço destinado à descrição do que é vendido pode abrir lacunas para supervalorizar o produto ou, por vezes, gerar dúvidas sobre sua qualidade. Por isso, a foto é extremamente importante para sanar dúvidas e garantir que o consumidor saiba a realidade do objeto antes de adquirí-lo.

 

 

12 dicas para fazer a foto perfeita

Agora é hora de colocar a mão na massa! Pegue seu caderninho para anotar estas dicas. Eu te garanto que elas são sinônimo de sucesso!

Lembre-se de testar tudo com o seu produto. Depois, vem aqui comentar sobre os seus resultados. Nós vamos adorar saber!

 

1- Capriche na iluminação

Em primeiro lugar, a iluminação é FUNDAMENTAL para uma boa foto. Se você tem equipamentos de luz (aqui vale usar desde uma iluminação profissional de led até a lanterna do celular) utilize sem dó! 

Jogue bastante luz sobre seu produto e ilumine também o fundo para evitar sombras indesejadas. 

“Ah, mas a lanterna do meu celular está quebrada e a iluminação da minha casa é péssima!”

Você já pensou em fotografar ao ar livre, então? A luz natural é considerada por muitos a melhor iluminação para tirar fotos. Além disso, o ambiente pode ficar super legal para o seu produto! 

No início da manhã e no final da tarde, inclusive, você pode aproveitar a golden hour

A golden hour é a luz do sol no momento em que fica mais suave e alaranjada, evitando a luz dura. 

Chamamos de luz dura aquela que forma sombras bem marcadas e um contraste nítido entre a claridade e a sombra. Esse aspecto muito marcado pode deixar as fotos não tão bonitas, ainda assim você tem licença poética para usar sua criatividade. Maaas, porém, contudo, entretanto, faça tudo com muito bom senso! Afinal, você está fotografando produtos para vendas.

Já a luz suave é caracterizada por formar sombras não definidas e pelo degradê entre as áreas mais claras e mais escuras. Ela costuma ser mais utilizada nas fotos para vendas.

 

2- Atenção ao foco e enquadramento 

O foco e o enquadramento da foto devem ser pensados de forma que valorize o seu produto. Uma ótima estratégia é desfocar levemente o fundo da imagem e deixar apenas o que será vendido nítido. Se você não tem uma câmera profissional, não se preocupe! Procure no seu celular o modo “retrato” e ele irá desfocar o fundo de forma automática.

Lembre-se também de enquadrar o produto na foto evitando que os cantinhos sejam cortados. Isso deve acontecer apenas se você quiser mostrar algum detalhe em especial. Mas, no geral, é importante que todo o objeto esteja aparecendo na foto.

 

3- Cuidado com as sombras

Já aprendemos aqui sobre a luz dura e suave, bem como seus impactos nas sombras. Mas, existe outra sombra que devemos ter muito cuidado: a nossa própria! Principalmente quando vamos fotografar na luz do sol, podemos acabar interferindo na luz em algum cantinho da imagem e não perceber no momento. Por isso, lembre-se de conferir a sombra de tudo aquilo que está na imagem e de observar a sua também.

 

4- Tenha um fundo branco e infinito

O fundo infinito é formado apenas por uma cor e possui uma curvatura entre o chão e a parede. Ele é usado para dar destaque ao objeto principal nas fotos, igual aos fundos das clássicas fotos de estúdio, sabe?

Ele evita que a atenção do observador se volte para outros elementos e ressalta o produto na foto.

No e-commerce, a cor mais utilizada no fundo infinito é o branco, mas você pode optar por outras cores, se achar que combina mais com sua marca. Mas, lembre-se que o destaque deve ser o produto e não o cenário.

Para reproduzir o fundo infinito em casa é bem simples! Basta você utilizar uma cartolina (caso seu produto seja pequeno) ou um lençol bem branquinho (caso seu produto seja grande), e colocá-lo de forma que faça uma curvatura entre a base do chão e a parede, sem quinas. Assim, você terá um cenário com noção de profundidade, padronizado para suas fotos!

 

5- Seja criativo

A foto com o fundo branco padrão é ideal para o e-commerce. Mas, isso não significa que você não pode inovar ou ser criativo! Mesmo usando imagens com fundo branco, você pode se diferenciar dos concorrentes. 

Vamos imaginar que você é dono de uma hamburgueria, por exemplo. Para deixar a foto mais atrativa, você pode usar palitinhos dentro do hambúrguer para deixá-lo mais firme e fazer com que os elementos fiquem na posição que você deseja para a foto.

Também é possível inovar nos fundos da imagem, sem exagerar! Já pensou em usar uma superfície lisa e colocar fubá por cima? A ideia é fazer com que seus objetos pareçam estar na areia da praia. 

Dica: esse cenário feito com fubá fica lindo para fotografar semijóias.

 

6- Explore os ângulos

Pode acreditar em nós, o seu potencial cliente quer ver e saber tudo sobre o seu produto! Por isso, quanto mais fotos dos mais variados ângulos, melhor. Principalmente daqueles que mostram o diferencial do que você vende. Essa estratégia permite que o consumidor tire suas dúvidas e evita eventuais trocas.

 

7- Utilize tripé e temporizador

Já dizia um grande mestre da comunicação: “o tripé é o melhor amigo do homem.”

Você pode ter uma mão de cirurgião, mas ainda sim ela não será tão estável quanto um tripé. Portanto, se você tem condições de investir nesse equipamento, faça isso! Ele garante estabilidade para suas fotos e não deixa que elas saiam tremidas. Além disso, esse auxílio contribui na hora de construir um padrão para as imagens, pois permite que você deixe a câmera fixada em um mesmo lugar.

O temporizador é outro recurso que ajuda (e muito) a tirar fotos sem tremer. Na hora dar o clique para registrar a imagem, mesmo que esse movimento seja um leve toque na tela do celular, pode ser que a câmera trema. Ao ativar o temporizador, você se certifica que o equipamento permanecerá estável.

 

8- Cuidado com a noção de escala

Quem nunca tirou foto fingindo segurar a lua que atire a primeira pedra. 

É claro que nós não precisamos nem falar que segurar a lua é impossível para qualquer ser humano! Mas, isso mostra que um bom ângulo e uma boa perspectiva podem nos enganar.

Esse é um exemplo exagerado, mas que mostra a importância de mostrar o tamanho real do seu objeto. Para transparecer essa informação, você pode colocar imagens do seu produto com outros objetos em volta, ou então mostrá-lo em uso, como no caso das roupas e acessórios. 

 

9- Mostre todos os modelos e cores

No e-commerce, mais é sempre mais! Se o seu produto está disponível em mais modelos, estampas e cores diferentes, mostre. Oferecer essa informação apenas na descrição não basta. Assim, você gera mais credibilidade e potencializa as chances de vender.

 

10- Mostre seus produtos sendo usados

Você já comprou uma roupa e quando colocou no corpo não gostou? Isso acontece porque os objetos podem ser muito diferentes quando estão sendo mostrados na vitrine e quando estão sendo utilizados de fato. Portanto, mostre seu produto cumprindo sua função! Se você vende roupas, tire fotos das peças no corpo de modelos com diversos tipos de corpo e poses naturais. Se você vende objetos de decoração, produza imagens dos seus produtos nos ambientes adequados. Essa estratégia traz aproximação e desperta o desejo nos seus consumidores.

 

11- Não use filtros

Editar as fotos antes de divulgá-las é fundamental para potencializar a qualidade da imagem, além de mostrar cuidado e capricho. Mas, tome cuidado com os filtros!

Os filtros já vem com cores e aspectos pré-definidos que podem acabar distanciando sua foto do produto original. Isso atrapalha ao invés de ajudar você na hora de tratar suas fotos.

 

12- Edite suas fotos

Não usar filtro é diferente de não editar suas fotos. Por vezes, as cores dos objetos parecem ficar diferentes nas fotos. Por isso, é muito importante que você faça um tratamento, mesmo que básico, nas imagens para que elas retratem o mais próximo da realidade dos seus produtos. 

Se você ainda não sabe muito bem como fazer isso, procure por aplicativos e programas de edição de fotos como o Adobe Photoshop, Lightroom, Pixlr e VSCO, e comece com o os balanços de cor, luz e contrastes da imagem. Vale também pesquisar vídeo no Youtube e estudar para melhorar o desempenho das suas edições.

 

Dica Extra: Montando um mini estúdio de fotos

Agora, nós vamos te ensinar a fazer um mini estúdio de fotos de uma forma muitooo simples! Lembrando que você deve adaptar o mini estúdio de acordo com o tamanho do objeto que você vende. Aqui, vamos ensinar a fazer um modelo pequeno.

 

Você vai precisar de

1 Cartolina branca

1 Caixa de papelão

Papel manteiga

Fita crepe

Tesoura 

Lápis

Régua

 

Passo a passo de como montar o seu mini estúdio de fotos caseiro

 

1- Coloque a caixa de papelão na posição em que será usada, com a parte aberta para fora, virada para você, como uma porta. 

 

2- Corte com a tesoura as abas que fecham a caixa.

 

3- Agora, com o lápis e régua, faça uma margem de cerca de 3 centímetros nas laterais e na parte de cima da caixa.

 

4- Corte com a tesoura na linha da marcação, retirando a parte central das laterais e do topo da caixa de papelão. Assim, sua caixa vai ficar como se tivesse janelas e apenas o fundo e o “chão” da caixa vão permanecer inteiros.

 

5- Cole o papel manteiga com fita crepe nas laterais e topo da caixa, fechando “janelas” de forma bem esticadinha.

 

6- Coloque a cartolina cobrindo o chão e o fundo da caixa, com uma curvatura, deixando o acabamento arredondado, para dar a sensação do fundo infinito.

 

7- Pronto! Agora é só iluminar bem a caixa com lanternas ou lâmpadas ao redor e tirar muitas fotos bonitas.

 

Ficou com dúvidas? CLIQUE AQUI e confira um vídeo da Elo7 para te ajudar!

 

Conclusão

Por fim, podemos perceber que a maior dificuldade do consumidor de e-commerce é a falta de contato com o produto. E é por isso que as fotos são tão importantes! A imagem é o elemento que mais traz proximidade entre o consumidor e o objeto.

Portanto, tenha uma atenção especial na hora de produzir as fotos do que você vende ou, se achar necessário, contrate um profissional.

Boas fotos! 🙂

Compartilhe esse conteúdo!

WhatsApp
LinkedIn
Email

Comentários

Conteúdos relacionados