agencia de marketing digital juiz de fora
Blog Growth Idea

Para quem acha que redação e vendas não tem nada a ver…

O que você vai ver nesse conteúdo

Para quem acha que um bom texto não ajuda a vender… 

Sim, numa primeira impressão, pode parecer que redação e vendas habitam mundos distintos. 

Porém, na era do marketing digital, esses dois universos não apenas se cruzam, mas se entrelaçam de maneira profunda. Bem-vindo ao fascinante mundo do copywriting

Aqui, a arte de escrever e a técnica de vender convergem, transformando palavras em ferramentas poderosas de persuasão. 

No blog de hoje, a Growth Idea vai explorar junto com você como uma redação eficaz pode ser a chave para alavancar vendas, engajar audiências e construir marcas sólidas no cenário digital atual. 

Se você pensou que um bom texto e uma venda bem-sucedida não estavam relacionados, prepare-se para uma revelação (com direito a depoimentos da copywriter aqui da Growth!). Boa leitura!

Para saber: o que é copywriting e por que ele é essencial no Marketing Digital?

Copywriting é a arte e técnica de escrever textos (ou “copys”) com o objetivo de persuadir ou motivar o leitor a tomar uma ação específica, seja ela comprar um produto, assinar uma newsletter ou participar de um evento, por exemplo.

No contexto do marketing digital, onde a atenção do usuário é disputada a cada segundo, ter uma copy eficaz é vital. Um bom copywriting não só capta a atenção como também guia o leitor numa jornada, transformando simples visitantes em clientes fiéis.

Para conhecer mais: os elementos-chave de uma copy irresistível:

Para criar uma copy que realmente envolva e converta, alguns elementos são fundamentais. 

Entre eles, destacam-se: uma manchete impactante, uma narrativa envolvente, clareza na proposta de valor, uso inteligente de gatilhos mentais e um “call to action” claro e persuasivo. 

Além disso, a autenticidade e a empatia são cruciais para construir confiança e relacionamento com o leitor.

Diferenças entre copywriting e redação publicitária tradicional.

Enquanto a redação publicitária tradicional foca amplamente em criar mensagens para mídias tradicionais, como TV, rádio e impressos, com o intuito de fortalecer a marca ou divulgar produtos, o copywriting é centrado na ação direta e na conversão no ambiente digital. 

A redação publicitária pode ser mais abstrata e criativa, enquanto o copywriting é frequentemente mais direto, focado em benefícios claros e em provocar uma resposta imediata do leitor.

Como medir o impacto e a eficácia da sua copy: 

No mundo digital, tudo é mensurável. Com o copywriting, não é diferente. 

Algumas métricas importantes incluem a taxa de conversão (quantos leitores tomaram a ação desejada após ler a copy), o tempo médio gasto na página, a taxa de rejeição e o engajamento nas redes sociais

Ferramentas analíticas e testes A/B são essenciais para avaliar e otimizar constantemente a eficácia de uma copy.

Tendências futuras no copywriting digital: o que esperar?

O mundo digital está em constante evolução, e o copywriting acompanha essas mudanças. 

Algumas tendências incluem: a personalização avançada, usando inteligência artificial para criar “copys” que se ajustam às preferências individuais dos leitores e a integração de SEO mais profunda, garantindo que o texto seja não só persuasivo, mas também otimizado para buscadores.

Sem contar na crescente importância do storytelling, criando conexões emocionais profundas com o público.

Palavras de quem faz: veja alguns depoimentos da nossa copywriter!

Agora chegou o momento de saber o que uma profissional da área tem a dizer sobre o assunto! 

No time da Growth, desde o ano passado, Fernanda é nossa copywriter e responsável pelo departamento de redação da agência. Na sua opinião, uma boa copy é uma junção de várias habilidades:

“Eu diria que é preciso combinar gostar de escrever, conhecer as características de um texto voltado para o marketing e saber as características dos produtos e/ou serviços que se pretende vender.”

Para ela, a experiência prévia e uma formação em áreas afins ajudam muito. Porém, não são determinantes para a produção de um bom trabalho.

“Eu, por exemplo, sou formada em Letras e é claro que isso faz muita diferença. Porém, nunca havia trabalhado com redação de marketing antes. Então, na verdade, trata-se de combinar habilidades com a aprendizagem de algo novo.”

Será que nossa redatora acredita que existe uma fórmula mágica para produzir uma boa copy? 

“Definitivamente, não. Uma boa copy demanda conhecimento e prática. Cada produto e cliente são únicos. Portanto, para fazer um texto que traga os resultados esperados, é preciso conhecer muito bem o seu perfil e do público-alvo.”

E aí, surpresos com a opinião da nossa especialista? 

Pessoal, em meio ao vasto universo do marketing digital, o copywriting emerge como uma ferramenta poderosa e essencial. Através das palavras, ele molda narrativas, inspira ações e estabelece conexões genuínas com o público. 

Como vimos, não se trata apenas de escrever, mas de compreender profundamente os desejos e necessidades dos leitores, guiando-os por jornadas significativas. 

E, mesmo com o avanço das tecnologias e das tendências, o cerne do copywriting permanece o mesmo: a habilidade de comunicar de forma autêntica e persuasiva. 

Em um mundo cada vez mais digital, onde a atenção é um bem precioso, uma copy bem feita não é apenas desejável, mas absolutamente crucial.

Curtiu o nosso artigo desta semana? Convidamos você a conferir nossa próxima atualização, com mais um conteúdo exclusivo sobre o incrível universo do marketing digital aqui no blog da Growth Idea!

Compartilhe esse conteúdo!

WhatsApp
LinkedIn
Email

Comentários

Conteúdos relacionados